Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Face Oculta à vista

por MCN, em 07.09.14

É hoje mais do que óbvio que, no acto de atribuir uma denominação de código ao processo, a ‘’face oculta’’ referia-se a alguém que estava na mira e no propósito da investigação e da abertura do processo, cuja identidade havia que, por razões alegadamente processuais, manter em segredo.
A abertura da investigação foi anunciada nos meios de comunicação social em Outubro de 2009, corria quase um ano desde a prisão de Oliveira e Costa.
A forma fragmentária e sincopada com que a comunicação social vai intervindo nestas matérias, impedindo um entendimento abrangente, tem como propósito desmantelar o fio e a ligação cronológica e política entre todos estes processos.
Por mim, eu não tenho qualquer dúvida de que a abertura da investigação e do processo ‘’Face Oculta’’ foi a resposta de um dado segmento da magistratura e das entidades judiciárias ao ‘’processo BPN’’. E de que a ‘’Face Oculta’’ era José Sócrates.
Mas aquilo que gostaria mesmo de colocar em destaque era a dimensão das penas aplicadas no caso ‘’Face Oculta’’.
A pena aplicada a Manuel Godinho aproxima-se do modelo penal aplicado em Portugal a um homicida, havendo muitos que ficam bem aquém. A desproporcionalidade relativa às penas aplicadas aos arguidos políticos, afinal os ferozes promotores da corrupção, parece-me obscena.
Diria pois e para já que em Portugal o sistema judicial descarrega as penas sobre os sucateiros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

18:22


2 comentários

Imagem de perfil

De tron a 08.09.2014 às 04:35

Esta novela ainda vai ter mais sequelas
Sem imagem de perfil

De J.Costa a 08.09.2014 às 10:29

Safam-se os banqueiros!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

  Pesquisar no Blog