Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Peço perdão à Senhora Ministra.

por MCN, em 17.10.14

Há uns dias, questionei virulentamente a Ministra da Justiça Paula Teixeira da Cruz, após ver difundida à exaustão, na comunicação social, uma interpretação de declarações que fez em Troia, no X Congresso dos Juízes promovido pela Associação Sindical dos Juízes Portugueses.
A forma com as declarações da Ministra foram transmitidas fazia crer que era de sua iniciativa a associação liminar do aumento dos vencimentos dos juízes à sua independência. Por isso estranhava que os juízes e as instituições que os representam não tivessem de imediato reagido.
Ora, lida a versão integral das declarações da Ministra e conotadas com o seu contexto, a verdade é que a Ministra usou de uma certa ironia e tentou subvalorizar o tema da independência colocando a tónica na dignidade, embora não explicite com rigor de que ‘’dignidade’’ se trata.
Na verdade, partiu dos juízes, nomeadamente da Associação Sindical dos Juízes Portugueses a associação irrevogável da independência ao aumento dos vencimentos.
Estamos perante um caso demonstrativo da falta de cultura dos diversos intervenientes na política e vida social em Portugal, pelo que se torna cada vez mais premente reflectir sobre o sistema de ensino e dos propósitos da escolaridade obrigatória.


‘’TRÊS PERGUNTAS A…
Presidente da Associação Sindical dos Juízes Portugueses
“Houve uma lesão na confiança do sistema”
Promotor do X Congresso dos Juizes, Mouraz Lopes tem sido muito crítico da implementação do Mapa Judiciário e dos baixos salários dos juízes.
- A ministra acaba por assumir que não é hora de rever as remunerações. Desilude-o?
- A ministra reconheceu que era importante actualizar salários, reconheceu que tínhamos razão mas diz que agora não há condições. É evidente que esta matéria é muito importante para reforçar a independência dos juizes e tem de ficar resolvida até ao final desta legislatura…
- Mas a ministra diz que não é a hora.
- Mas quem aprova é a Assembleia da República. A ministra faz o seu projecto e depois logo se vê na Assembleia da República como fica.’’
Diário Económico | Sexta, 03 Outubro 2014

Juiz[1].png

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

18:22



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

  Pesquisar no Blog